RÁDIO SAGRADA UMBANDA - OUÇA - USE OS CONTROLES PARA O VOLUME OU PAUSAR AS MÚSICAS

quarta-feira

RESPONSABILIDADE UMBANDISTA - PESSOAS DA CORRENTE



Já citei  inumeras vezes tanto neste blog, como no  www.isaiaspinto.zip.net   que Nossa Umbanda se destaca por ser mais que uma Religião, mas sim uma fonte de crescimento também cultural além da espiritual, deterá um vasto conhecimento magístico todo o Umbandista dedicado, que prime pelo Estudo sério verdadeiro das manipulações sempre positivamente das Forças da Natureza, seu Elementos com apoio de toda orbe de Espiritos trabalhadores seja servindo ao Alto como também a ele e a este planeta, como é o casa dos valorosos Guardiões  e Elementais.  A Umbanda através  das Energias, Vibrações e atuações diretas e eletromagnéticas dos Sagrados Orixás, bem como da própria Mãe Natureza, das Vibrações de Luz e Ordem , propiciam os cuidados, que nós Encarnados bem como tantos outros espíritios que ainda por aqui habitam,  necessitamos. 
Todos nós por vezes inconscientemente buscamos as Energias da Fé, do Amor, Conhecimento, Justiça, da Ordenação, Evolução e das Gerações, sendo que se nos aproximarmos delas de forma correta, sem querem tirar vantagens mas sim vivênciar naturalmente o que somos, para que viémos, o que fazemos, o que devemos deixar de fazer e o que precisamos retomar ou mudar, vivenciaremos uma passagem por aqui tranquila e edificadora. Tendo toda energia para que possamos superar limites, transpor dificuldades e até conviver sem perdermos nosso brilho e luz com as adversidades que por livre arbítrio ou expiações estamos fadados.

Os médiuns de Umbanda atuam como transmissores das Energias advindas do Alto e da Lei, irradiadas pelos seus Guias e Protetores. Muitos se equivocam nesse  trabalho, achando que são fortes o bastante para tomar atitudes quase sempre alegorescas para justificar seus trabalhos. Ora amigos Irmãos já temos total conhecimento que a magía e vibrações são como os sentimentos, invisíveis  mas existentes.

Muitos excelentes médiuns se perdem no Caminho, se afastam das Casas, pois acharem que não estão sendo aproveitados de forma correta, pois querem com seus Guias, atenderem o público presente. Esquecendo como é citado em todo nossos Trabalhos Mediúnicos, que o número de assistidos desencarnados  é imensuravelmente  maior do que o número de  encarnados presentes num ritual. 

Sendo assim é extremamente importante a presença dos médiuns envolvidos com tudo do ritual. Seja sua presença física e vibracional correta, que sempre deverá ser de Amor e não jugo.  O "incorporar" como dizem , eu prefiro muito mais a palavra "estar irradiado" , pois nesse corpinho que Deus me deu só cabe e só pode estar  um  Espírito que nesta encarnaçãoa tende pelo nome de Isaias Pintto,  bem voltemos a mensagem que quero deixar :   Toda pessoa é um Médium !  Existem inumeras qualidades mediúnicas, um pintor pode estar exacerbando sua mediunidade pela arte, como um músico, uma tor, um escritor. Médiuns com sensibilidade de sentir e interpretar a vibração, ter  intuições aguçadas ( onde muitos "mentem dizendo ouvir mecanicamente quando na verdade só recebem informações via  ligação mental. Não desmentindo os médiuns verdadeiros e raros que realmente são mediuns Psicofonicos, que quando NÃO detenham   nenhuma informação e vínculo com consulente, atuam como transmissores de informações específicas e que em hipótese alguma (ele) o médium tinha conhecimento, provando assim a verdadeira mediúnidade. 

 A mediunidade de Irradiação ( Incorporação,  para muitos entenderem ) é como um diamante, no início é bruto, para se explorar todo o brilho tem que ser lapidado, exercitado o movimento de polimento, dando oportunidade verdadeira ( isso entre o médium e a própria Entidade ) muitas vezes em total silêncio, para ai sim as coisa terem peso de  real soma de energias e consequentemente uma doação verdadeira e potente. Imagine então uma informação que tem que ser  recebida pelo médium,  além de interpretada , deverá ser autenticada com a certeza que veio da Entidade e da Entidade de trabalho ou seja não uma interferêncai deoutro Espirito que não seja adequando no atendimento.  Parece mais complicado que os olhos veem né? Pois é.  Agora entendem por que não se deve colocar médiuns despreparados para  trabalharem como médiuns de atendimento.  Pois caso ocorra isso quem tem que ficar filtrando as  informações se são verdadeiras, pertinentes aquela Linha,  Falange, etc  ficará a cargo do pobre  assistido, que pode já estar com tantos problemas e recebe mais  abacaxis, dúvidas  para levar para casa.

Muitos médium não se conformam só em freqüentar a Casa,  ele querem trabalhar , esquecendo que já trabalham para si 24 horas e que alí se estiverem na sintonia certa e na dedicação de que tudo transcorra de maneira agradável, ordenada, limpa, harmoniosa em relação pessoal, vibracional , estará fazendo em importantíssimo trabalho a Umbanda, sem esquecer que nas oportunidade de  "Irradiações devem esquecer  tudo em volta, só afinizando esse Elo ou seja o Mediar com sua Entidade.  Sem preocupação com Shows,  formas que deve demostrar para  os olhos dos outros.   Um Médium só cresce por si, com amapro verdadeiro dos demais religiosos.  Pensem nisso, meu compromisso não é com Sacerdotes sejam lá de qual seguimentos sejam, mas com Deus, com  nossos Amados Orixás, com meus Guias e Guardiões e com os Assistidos. 

Médium que desencanta e se afasta de uma Casa, pode estar  muito despreparado ainda, muito triste, ou muito mal orientado. 

Onde um Médium foi recebido como tal ou como participante de uma corrente,  para ser  integrando ao Ritual, deveria ser orientado,  receber todas informações  da responsabilidade que terá que honrar, como também ser ouvido, ele tem o dever de contar tudo que viveu a respeito com aproximação ou exercício junto a espiritualidade.  Só assim poderão ser amparados  e direcionados. 

O Maior erro de um Médium é chegar numa Casa, achando que  o Sacerdote ou o Guia Chefe, tem que ter conhecimento advindo do além,   abendo tudo da sua Vida, sua Experiências e de suas Intenções. A Espiritualidade pode até saber, poderá até mediar com o Sacerdote,  mas isso não é regra e nem um obrigação. 


Num Ritual  se todos incorporarem, quem auxiliará os trabalhos dos Guias?
Quem orientará a assistência?
Quem cantará os pontos dos Orixás? 
Quem dará os Elementos magísticos às Entidades?
Quem será o Cambono? ( pessoa que secretaría a Entidade Espiritual ) Etc..

Uma Corrente não é formada só de médiuns de incorporação, mas sim de todos os membros que compõem o Casa

Tornar-se um Médium  sério desprende de muito tempo, amor, paciência e principalmente humildade de aprender. Muitas ações dentro de um Trabalho de Umbanda  são resolvidas sem precisar da Irradiação de um Espírito, quando se tem bom senço, boa intenção alicerçada em conhecimento, respeito, responsabilidade e verdade.  Isaias Pintto Hernanndes  - Sacerdote Sagrada Umbanda - "Congá Sagrado Pai Serafim do Congo, Cacique Pena Branca e Ogum de Ronda"





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigado pela participação. Deus lhe abençoe.