RÁDIO SAGRADA UMBANDA - OUÇA - USE OS CONTROLES PARA O VOLUME OU PAUSAR AS MÚSICAS

terça-feira

CUIDADOS - DEVERES DE MÉDIUNS DE NOSSA CORRENTE


Mais alguns Cuidados e Deveres de Médiuns da “Sagrada Umbanda - do Congá Sagrado de Pai Serafim do Congo, Cacique Pena Branca e Ogum de Ronda.”


O médium tem um complexo espiritual chamado aura, que é formado pelo material (o corpo físico), o duplo etéreo (ou cascão), o perispírito e o espírito. A aura é formada por elementos energéticos que se chama Chakras. É por eles que o espírito incorpora, até unir o seu espírito com a aura do médium, também em muitas casas chamados como cavalos, numa alusão que um espírito que coordenaria suas rédeas, ou seja  através da irradiação acoplaria suas vibrações de forma de intuir tão automaticamente conforme o desenvolvimento do médium, dando até a impressão que aquele corpo estaria animado por ele.  Por isso a palavra, tantos anos usadas no meu ver  erroneamente : incorporação (tomado), quando na verdade existe uma grande parceria cabendo ali uma grande responsabilidade isso sim.

Por esse motivo é importante haver uma preparação do médium nos dias de gira para que sua aura esteja leve e limpa, através de um banho de erva indicado ou já de conhecimento, bons pensamentos, com o mental sem mágoa ou raiva.
Sua atenção no dia dos trabalhos deve estar sempre voltada para reunião com os irmãos da corrente, procurar a alegria, boa leitura, não dizer palavrões, não comer carne e fazer refeições leves.

Alguns autores e dirigentes dizem que a mulher com menstruação não deve participar da gira e muito menos incorporar. Não existe lógica e nunca ninguém me explicou de forma convincente essa proibição, refuto o fato não criando nenhuma objeção para as médiuns em nossa Corrente. Sobre isso já discursaram antigamente,  que poderia haver a aproximação de espíritos atrasados, negativos atrás da energia do sangue. Não me convencendo a tal explicação, porque se algum espírito quiser sangue, ele irá aos matadouros, açougues, tatames, ringues e nunca a um terreiro organizado e protegido.

Quando o médium for receber a entidade, ele deve ficar com sua mente o mais livre possível de pensamentos. Para quem não tem a prática da concentração, um bom método para facilitar a incorporação é ficar pensando no tipo da entidade que vai incorporar e respirar rapidamente e soltar pela boca o ar aspirado, se projetar mentalmente no campo de atuação e elemento da Linha. Ex. Caboclos, projeta-se dentro de uma Macaia, Mata, etc.   Quando digo mente relaxada é bem diferente de mente não resguardada. Quero dizer que o Médium deve ficar tranqüilo, sereno, desprendido do que as pessoas possam estar vendo ou pensando, mas o médium deve estar vigilante na conexão com o espírito que aproxima em irradiação,  para que o médium possa mais que recebê-la, conhecê-la,  identificá-la.

Quase todas as religiões, são machistas; e essa é a razão do preconceito com as mulheres em período da menstruação. Existe Casa que proíbem a mulher tocar nos atabaques. Não vejo lógica, ao contrário, um insulto à capacidade feminina.
Muito médium tem dúvidas sobre as incorporações, confundindo-se nas mensagens, achando que não é o espírito falando, mas sim sua própria cabeça. Espero com esta nota dirimir dúvidas aos médiuns e trazer-lhes a certeza que quando for animismo os dirigentes da casa sabem como corrigi-lo. Vejam como funciona: existe uma fusão do espírito do médium com o espírito comunicante, criando-se uma terceira energia. Gosto de dar exemplos. O café e o leite, separados, são puros. Misturados criam uma terceira bebida, podendo ser mais preto ou mais branco, conforme a quantidade das bebidas. Mas sempre a união de ambos terá uma terceira qualidade.

É impossível a comunicação pura do espírito, numa irradiação. O importante é a presença do espírito, com maior ou menor intensidade. Isso prova como Allan Kardec já nos ensinava através de sua vida de pesquisas e de testes, que a Mediunidade Inconsciente é raríssima, e inexistente se houver a comunicação verbal pelo corpo do médium e, portanto a grande mentira das religiões Espiritualistas.

Mediunidade é a faculdade que um ser encarnado tem de entrar em contato com desencarnados. Allan Kardec, codificador do Espiritismo, afirma que somos todos médiuns, porque todos sentimos as influências positivas ou não dos Espíritos com quem optamos em conviver.

Entenda o que é Mediunismo: É o uso inadequado dos dons mediúnicos, seja por se prestar a tarefas que visem ao mal de outrem, seja pelo desequilíbrio do próprio médium, que se torna joguete nas mãos de entidades ignorantes, levianas e mesmo maléficas.  Quando vemos aquelas cenas em algumas igrejas que colocam pessoas em processos de recepção de irradiações ( quando não são shows promocionais de baixíssima qualidade e gosto de mistificações ), sendo que as pessoas caem, se moldam com tortuosidade, mostrando agressividades, falando tanta besteiras....  Presente ali amigos,  Mistificações ou o tal  "Mediunismo", ous seja pode até ter uma irradiação de um desencarnado clamando um choque anímico, mas o tal Irmão fazendo papel de médium não sabe operar a irradiação e faz o que  condiz com a vontade do COMANDANDE  do Show que aos berros vai usando as vezes também por pura ignorância,  nomes Sagradados de Entidades Verdadeiras e defensoras da Lei Maior de Deus. Sempre digo que tem igrejas e pastoreiros por ai que deveriam colocar Estátuas Gigantescas em Homenagem aos Sagrados Guardiões e Guardiãs por usarem tanto seus Nomes em seus espetáculos medianeiros e mistificativos.

Através de mais de três décadas de observações pelos campos da mediunidade, acolitado por informações espirituais de variados matizes, concluiu os Estudiosos e Investigadores, que o Espírito comunicante, nas denominadas incorporações mediúnicas, emite a mensagem com valores de seu pensamento, incluindo o idioma que melhor manipula. Toda essa carga psicológica será como que incrustada, após a aceitação pelo médium, nas malhas vibratórias da zona Perispiritual do receptor. Por este modo, haveria um encontro de vibrações entre a vontade-apelo do Espírito e a vontade-resposta do médium, devido a sua vontade-aceitação.
O perispírito do médium, inundado pelas emissões do perispírito da Entidade comunicante, absorve essas correntes superiores de pensamento (comunicações harmônicas) com toda a carga que se acham investidas. Desse modo, o perispírito do receptor enriquece-se do referido material e passa a manter a corrente, que sempre existe nos indivíduos, em direção às células físicas. Nestes casos específicos, o perispírito traz, além do que é realmente do espírito do médium, os elementos enxertados pelo perispírito da Entidade comunicante, transferindo toda essa carga para a zona física. O médium adestrado na vivência mediúnica acaba compreendendo o que é seu e o que é do Espírito comunicante, nos casos da chamada mediunidade consciente. No caso da mediunidade semiconsciente ou inconsciente a distinção torna-se mais difícil,  pela raridade que são. (TORNO A DIZER OQUE SEMPRE OUVIMOS: SOU MÉDIUM INCOSNCIENTE OU SEMI-CONSCINTE, NÃO VEJO NADA, NÃO ESCUTO NADA, APAGA TUDO. QUANDO ACABA A IRRADIAÇÃO O MÉDIUM FAZ AQUELA CARA QUE CHEGOU AGORA... GRANDE MENTIRA QUE ATRAVESSA O CENTENÁRIO...   REVEJAM ISSO MÉDIUNS QUE SE COLOCAM COMO SERVIDORES DA LEI MAIOR DE DEUS! VAMOS ACABAR COM AGRANDE MENTIRA DE NOSSA RELIGIÃO!)

MEDIUNIDADE

Mediunidade é a ação consciente ou inconsciente dos seres encarnados, pois todos da chamada classe dos Racionais e alguns Irracionais possuem este Dom.

A Mediunidade se divide em dois grupos principais e distintos, à saber:


* Mediunidade Psíquica ou intuitiva



* Mediunidade Somática ou mecânica


Mediunidade psíquica ou intuitiva:
é aquela em que o médium, escuta palavras formarem-se no cérebro e as escreve (ou transmite) de livre e espontânea vontade. Como na maioria das vezes, a transmissão é rápida demais. Há neste grupo de mediunidade a possibilidade de que o médium escute uma coisa e transmita outra, ou melhor, dizendo, escuta uma frase completa e dá-lhe sua própria interpretação, porém, na maior parte das vezes, contraria o sentido original do que foi recebido.

Mediunidade Somática ou Mecânica:
é aquela em que o Espírito domina e utiliza parte do corpo do médium, ou o todo, independentemente e sem possibilidade de interveniência do mesmo. Em ambos os grupos de Mediunidade acima mencionados, encontram-se os seguintes tipos de mediunidade, em ordem decrescente em grau:


*Clarividência

*Vidência

*Olfativo

*Psicografia

*Audição

*Desdobramento

*Curadora

*Passista

*Transporte


Incorporação (Mediunidade de Prova) Todos os seres encarnados possuem estes sete tipos de Mediunidade, quer seja só de um grupo ou de ambos, latente à espera de um desenvolvimento (ou aprimoramento), porém tem sempre acentuado em especial, um dos tipos, que será a sua Mediunidade na presente existência.


Médium de Clarividência É a atuação de uma vibração na mente do médium, descrevendo através dela quadros possíveis de acontecer, dependendo do fator TEMPO.


Médium Vidente (Clarividente) - É um médium muito útil e raro nos trabalhos, pois serve para ver os espíritos que vibram nos mesmos. Os médiuns videntes descobrem a verdadeira identidade dos espíritos manifestados e verificam se está havendo mistificação. Pode haver a vidência no ambiente, no espaço ou à distância, no tempo, ou seja, fatos a ocorrer ou já ocorridos em outros tempos. A vidência (clarividência) normalmente se manifesta na infância, estendendo-se até a maturidade, quando a mesma, na maioria dos casos desaparece, somente voltando quando o médium inicia seu desenvolvimento, ou sofra algum trauma muito forte.

ESTUDIOSOS DESCREVEM QUE VIDENCIA É O QUE TODOS NÓS SOMOS... ABRIMOS OS OLHOS E ESTAMOS VENDO, OU SEJA, SOMOS VIDENTES E JÁ OS QUE VISUALIZAM A DIMENSÃO ESPIRITUAL SEJA CONSTANTEMENTE, SEJA ESPORÁDICA... SÃO CLARIVIDENTES.

POIS OLHAM CLARAMENTE A DIMENSÃO ESPIRITUAL.

PESSOAS DIZEM CLARIVIDENTES, MAS NA VERDADE MANIPULANDO ELEMENTOS COMO CARTAS, BÚZIOS (MUITAS VEZES ERRONEAMENTE SEM TER FORMAÇÃO SACERDOTAL ESPECÍFICA PARA TAL) OU OUTROS TANTOS MEIOS, COMO BORRA DE CAFÉ, MOEDAS, RUNAS... ALÉM DE TENTAREM INTERPRETAR CAÍDAS OU POSIÇÕES... TEM NA VERDADE INTUIÇÕES ADVINDAS DA ESPIRITUALIDADE. MAS INFORMO QUE SÓ SE POSTARÃO ESPÍRITOS DE LUZ JUNTO A ESTAS PESSOAS, SE FOREM PORTADORAS DE BOAS INTENÇÕES E BONDADE. CASO CONTRÁRIO PODERÃO SER JOGUETES NAS MÃOS DE ESPÍRITOS INFERIORES QUE OS FARÃO PROFISSIONAIS MERCENÁRIOS E MANIPULADORES DE ENERGIAS DENSAS, TORNANDO-SE TAMBÉM CADA VEZ MAIS DENSOS E NEGATIVOS PELO AFRONTAMENTO DA LEI MAIOR DE DEUS.



*Médium Olfativo: É o médium que tem a faculdade de sentir a aproximação das Entidades, através do olfato.


*Médium de Psicografia: É a faculdade mediúnica de receber vibrações, que os fazem transcrever mensagens espirituais. (BOAS PSICOGRAFIAS QUE TRAGAM DETALHES COMO ASSUNTOS COM EXTREMO DETALHAMENTO, QUE SÓ QUEM A RECEBA SABERIA, COMO NUMEROS, LOCAIS ONDE SE ENCONTREM ALGUMA COISA IMPORTANTE, ETC)... TAMBÉM CASOS RAROS. Normalmente as mensagens simples constam consolos e palavras doces de compreensão e perdão.


*Médium Auditivo: A forma mais comum desta faculdade é a Telepatia. Ou transmissão direta de pensamentos, emoções ou impressões. É uma forma não sensorial relativa ao cérebro ou a parte dele chamado sensório, sensações, próprio para transmitir sensações, comunicação entre duas ou mais pessoas. O médium ouve sons, ruídos etc. (CASOS RAROS).


Médium de Desdobramento - É aquele que possui a faculdade de aparecer ao mesmo tempo em dois lugares diferentes, quer durante o sono quer em atividade normal, podendo ocorrer por ocasião de emoções violentas, agonia de morte, doenças graves ou espontaneamente através de materialização da alma. Muitos confundem com Médiuns que entram no processo atual chamado Desdobramento que é a condução em quadros mentais por orientações e comandos, atuando mais positivamente no mental do assistido que propriamente na dimensão espiritual como possam pensar e defender. Pois o Alto já tem legiões de Espíritos Especializados para tal. Reflitam sobre isso.


Médium Curador - É a faculdade inata e esclarecedora da cura, através de conselhos, ervas, etc. Jesus já nos ensinava todos podemos curar, havendo: Amor em quem o pretenda, Amor, Fé , Aceitação e Merecimento de quem a busque ou necessite.


Médium Passista - É a capacidade de movimentar vibrações através de passes para equilibrar e fortalecer as forças positivas e diminuir e também equilibrar, as forças negativas. (Utilizando técnica, somado a comportamento vibracional, conhecimento dos Campos de Força, Chakras e potencialização de Amor aos próximos encarnados ou desencarnados.


Médium de Transporte - É aquele que possui a faculdade de, através da concentração, transportar-se a outro lugar, isto é, em transe, sua alma se afasta do corpo e vai a lugares distantes, mas não se materializam como os médiuns de desdobramento, permanecendo invisível para os demais. Também chamado os Médiuns que possam transportar matéria (pequeno porte) de um lugar a outro, de uma dimensão seja de origem mental de alguém a um outro lugar materializando a matéria. (CASOS RARÍSSIMOS)


Médium de Incorporação (PARTICULARMENTE CHAMO MÉDIUM DE IRRADIAÇÃO) - É aquele em que o espírito, o Guia, O Protetor, ou qualquer outra Entidade se manifesta através da IRRADIAÇÃO, Sendo o Médium um receptor desta irradiação e como Médium é um Transmissor da Informação e Movimento s Corpóreos. Erroneamente muitos pensam serem incorporados como se possuídos (como se o espírito alheio pudesse entra num outro Corpo) Quando o Médium tem a formação correta, preparação vibracional através de exercícios de aproximação às forças Naturais no caso da Umbanda, tendo o desprendimento de mazelas, afastamento de vícios de ações ou pensamentos, bem como a verdade como bandeira, bondade e caridade como aliadas e forma de se viver, é a forma mais útil, permitindo-nos o entendimento direto e pessoal com as Entidades, possibilitando-nos o esclarecimento espiritual

Faço lembrar que estas instruções e posicionamentos e conhecimentos, fundamentadas em Estudos e Vivências são nossos, ou seja, de Nossa Corrente Mediúnica e Instituição Religiosa, não afrontando as verdades de outras casas ou outros religiosos.





 
ALGUMAS DE NOSSAS REGRAS AQUI NO CONGÁ SAGRADO DE PAI SERAFIM DO CONGO, CACIQUE PENA BRANCA e OGUM DE RONDA – SAGRADA UMBANDA

As regras de nossa Corrente Mediúnica são bem claras. Estão contidas nos Preceitos, no Regimento Interno e sempre divulgada nas preleções. Por isso é bom que os candidatos ao ingresso na Corrente do Congá Sagrado, conheçam antecipadamente os nossos preceitos, todas regras de conduta, todos ítens de nosso regimento interno, conhecer as obrigações de cada participante. O que devem ou não fazer.

Existe um compromisso com a Casa e Corrente Espiritual, adianto e relembro que o maior compromisso a ser assumido é: Vontade de Evoluir Espiritualmente, bem como a disciplina na corrente, submissão aos mandos da hierarquia, se não puderem amar seus irmãos ao menos os tolerem, não criticar os outros, cuidar para que suas palavras sempre sejam de incentivo e amor, cuidar e zelar por seu material dos trabalhos e de sua roupa branca, honrar a respeitar o nome dos espíritos, suas presenças, mesmo que seja um espírito socorrido e a ser orientado, respeitar as outras religiões, sempre que tiverem dúvidas perguntar aos dirigentes, não hesitar quando forem convocados para auxiliar o outro como cambono, não fomentar brigas e discórdias, não faltar aos trabalhos (inclusive os que forem marcados em outros dias), cumprir os horários dos trabalhos, não freqüentar outros trabalhos sem autorização do dirigente, cantar os pontos e auxiliar a manutenção da gira e outras condições que o bom senso determina e que por qualquer motivo eu não tenha mencionado.

Caso o médium não sinta-se a vontade nos trabalhos, deverá entrar em reflexões, tanto sobre próprias posturas e vibrações, bem como a possibilidade de estar sendo influenciado espiritualmente por forças negativas ou por discordância de preceitos e atividades, deverá com verdade e caráter procurar o Dirigente que lhe orientará da melhor maneira possível para gerenciar cada situação.

O médium não deve esquecer que a sua liberdade cessa quando começa a do outro.

Os médiuns devem ter conhecimento que o Dirigente vive em constante sintonia com a espiritualidade de Comando, de trabalhos, de Guarda. Devido a isto não pode ficar disperso com assuntos de insignificância administrativa, que possam ser solucionados por outros Responsáveis pela Instituição ou Gira.

O médium não deve ficar olhando os outros, julgar ou criticar seu irmão de corrente.

Deve cuidar somente de si e deixar para a hierarquia corrigir o erro dos outros.

Levar seu material de trabalho e manter sua roupa branca sempre limpa e em ordem.

Chegar e cumprir à risca os horários dos trabalhos e quando não puder participar dos mesmos, avisar com antecedência a sua ausência.
Os Mediuns só devem dar passividade às irradiações de alguma entidade espiritual, sempre após o Sacerdote estar irradiado, respeitando a  autorização do Guia Chefe no Comando dos Trabalhos Mediúnicos, também deverão serem desfeitas as ligações medianas antes da finalização da irradiação do Guia Chefe da Linha  junto ao Sacerdote ou Médium designado ao  Comando do Trabalho, conforme determinado pelo Sacerdote.

Lembro que na Sagrada Umbanda, Homem recebem e dão passividade para vibrações Masculinas,  Mulheres recebem e dão passividade para vibrações Femininas e Masculinas. Somente em casos extremos de falta de médium Mulher,  por força de necessidade para amparo a algum assistido e ainda se determinado pelo Guia Chefe da Linha presente, ocorrerá a irradiação espiritual  feminina num médium masculino, isto é um Preceito da Sagrada Umbanda. Como todo preceito,  deve ser respeitado e obedecido.  Por isso informo mais uma vez que antes de se aproximar com intenção de compor uma Corrente Mediúnica de uma Instituição, as pessoas devem tomar conhecimentos dos Preceitos, Fundamentos, Regras e Regimentos. Sem contar a finalidade específica da Instituição.


A transparência e comunicação de tudo que seja pertinente ao trabalho é dever de todos. Não são admissíveis fofocas, mas é de obrigação de todos participantes reportarem quaisquer assuntos que venham denegrir, colocar em risco a qualidade e seriedade dos trabalhos.

Cabe a todos médiuns recepcionar os assistidos com carinho e dar informações importantes, verdadeiras e pertinentes, como localização de sanitário, água, copos,  bem como pedindo para assinarem livro de presença, orientando também para desligarem celulares e manterem pensamentos elevados.

Caso algum componente da Corrente, trouxer um convidado, obrigação de apresentá-lo aos Dirigentes e Sacerdote.

E dever dos participantes respeitar a vida pessoal e horários de vida particular dos Dirigentes, Sacerdotes e estes, também respeitar a vida pessoal de cada médium e colaborador.


CONHEÇA A SAGRADA UMBANDA  -  UMBANDA SÉRIA PARA PESSOAS SÉRIAS
Sacerdote:  Isaias. Piintto Hernnanndes



Um comentário:

  1. achei a resposta que buscava,muito esclarecedor, também entendo que se somos seres-humanos e portanto fisiológicos, não há como uma reação natural do nosso corpo, prejudicar os trabalhos; parabéns à Casa, Umbanda é isso: Caridade, Paz e Amor com muita responsabilidade, respeito e estudo. Oxalá nosso Pai, nos abençoe.

    ResponderExcluir

Muito obrigado pela participação. Deus lhe abençoe.